UM BICHO QUE

de Patrícia Galelli

2016

Formato quadrado,15x15cm, branco, com impressão em serigrafia preta. Sobrecapa em papel cartolina duplex preta com tinta branca. Na capa, só o título, e nas contracapas há uma textura de escritos com nanquim, técnica utilizada para escrever-desenhar os bichos que se alastram pelas folhas costuradas manualmente com linha preta. A primeira edição teve 60 exemplares e a segunda (com o mesmo projeto gráfico mas impressa à laser) teve 40 exemplares.

 

Um bicho que é um livreto, um “micro-bestiário”, que concede uma página para cada bicho existir. Cada bicho é um pedaço desenho e um pedaço texto, uma proposta que junta a imagem do bicho e a frase do que o bicho é ou representa, em nanquim, técnica que precisa de precisão. Patrícia é escritora e trata o nanquim como se fosse caneta, assim, imagem e grafia de fundem virando uma coisa só.

 

São 12 bichos. Cada um deles é formado por partes de bichos que até já existem por aí. Na primeira vista, parece que são identificáveis, mas quando se olha mais devagar dá para notar que, por mais que um tenha asa de passarinho ou rabo de caracol, no fim, não é nenhum nem outro, é ainda outro bicho que só existe na fauna literária de Patrícia. Sua descrição varia: “Um bicho sozinho é um bicho que pensa pra dentro” e “um bicho assustado é um bicho que grita com as asas”. Os bichos não têm nome, contrariando a relação de poder que os homens exercem sobre eles. São bichos que não se sujeitam, imaginações com vontade própria. Amáveis, porém profundos; ariscos, mas possivelmente muito mais humanos.

 

A embalagem/cartaz é uma sobreposição de todos os bichos formando uma mancha gráfica impressa em serigrafia branca sobre papel preto.

 

O colofão de cada edição é o que as diferencia, mencionando o período que foram impressas: uma durante o fenômeno atmosférico-oceânico do “el niño” que passou na Ilha de Santa Catarina em dezembro de 2015, e outra sobre o início de um fenômeno catastrófico-golpista, em 18 abril de 2016, que ainda está em passagem no território nacional.

UM BICHO QUE

R$ 25,00Preço