EDITORA EDITORA

de Gabi Bresola

2018/2019

Edição limitada. No formato 16x23cm fechado, o livro tem 168 páginas, com capa em papel Holler, também chamado de papel Paraná, de cor preta, com a ficha catalográfica e créditos estampada em um adesivo colado. Na quarta capa, o trabalho percurso editorial impresso só com os caracteres em forma de adesivo em fundo branco. A lombada, com costura aparente com linha amarela, evidencia as “vísceras” do livro e, de algum modo, segue a moda editorial da costura aparente que teve seu auge em 2018. Envolto em uma faixa de capa em tamanho A2 dobrada. Na parte externa, o título editora editora. Nas bordas, que se tornam orelhas, está impresso o texto “Pode ser ou é” dividido entre os lados direita e esquerda. As páginas internas são de ofsete 90g/m², impressas com somente tinta preta. Os textos possuem margens superior e inferior pequenas, quase fugindo do livro. Os títulos são em fonte grande e subtítulos distorcidos em uma ideia de itálico inventado. O interior da capa, segunda e terceira capa são estampadas com uma malha preta, impressa em cinza chumbo o agrupamento sobreposto da palavra “miríade” replicada dez mil vezes, aludindo ao próprio significado em grego da palavra e o nome da editora.

 

A separação de capítulos ou partes do livro é realizada com preenchimento em cinza escuro, o mesmo tom utilizado no leiaute do programa Adobe Indesign. Para a reprodução de trabalhos gráficos entre os textos, o fundo preto chapado é usado para aludir o espaço editorial que continua além do livro.

 

O trabalho é um livro-catálogo que enumera, classifica e define de forma técnica (com devidas licenças poéticas) todas as publicações de artista que a miríade edições produziu no período de 2014 até 2019, tanto na prática quanto conceitualmente. A linguagem é solta, em forma de relato e, em partes, enfadonha, realçando traços de tautologia a trajetória e a pesquisa da editora desde os textos iniciais. Descreve a história da editora, as relações de edição, diferenças de edição na editora tradicional e nas artes visuais, experiências e desventuras até uma entrevista editada da editora, em que se apropria de frases retiradas de diversos contextos. A publicação tem um caderno extra, o Paratexto, impresso em papel ofsete com capa amarela marca-texto, no tamanho 16x23cm, onde está o relato e todos os detalhes de construção de editora editora como uma pesquisa. Foram impressos apenas 5 exemplares para o evento de 1/08/2019.