IMG_20210810_113328 (1)_edited.jpg

SAGU

de Mariana Berta

2018

 

Livro no formato 14x21cm, tem capa com papel Vergé amarelado, o mesmo que se usa para impressão do certificado de conclusão de graduação, impressa 1x0, com Pantone 222u, da cor de vinho cozido de sagu. O miolo é de papel Pólen 80g/m², com 104 páginas, impresso em 1x1 na cor preta. Mixando imagens digitalizadas, fotografias e texto, esta terceira edição do livro tem o projeto gráfico de Tina Merz.

 

Sagu é um livro meio que exposição, que reúne trabalhos de Mariana Berta, os quais partem das vivências da artista em seu ambiente de origem, que é o Oeste catarinense, e da observação que ela faz das disjunções entre os saberes provenientes de suas raízes camponesas com o circuito da arte e da construção de conhecimento dentro da academia. Em seus trabalhos, Mariana insere os sabores, memórias, vozes e autorias rurais na biblioteca, na escola, no ambiente de estudo e difusão da história da arte, com a potência de desestabilizar as noções estanques de campo e cidade, e provocando questionamentos que afrontam a estética do agronegócio com a apresentação da sensibilidade camponesa e seus valores.

 

A estrutura crítica da linguagem é baseada na relação de produção do sagu, que mistura o vinho que vem da uva, fruto que nasce no alto das parreiras, nobre e importado, com a mandioca, a tuberosa genuinamente brasileira, que nasce embaixo da terra e que tem lugar menor na culinária brasileira, mesmo sendo uma raiz brasileira.

 

Produzido como semente, este livro é propositivo e inaugura o pensamento de artista agricultora no estado. Possui textos metafóricos e ao mesmo tempo teóricos, páginas com frames de vídeos e links para que sejam acessados para além da leitura nas páginas. O livro possui uma página carimbada com um de seus trabalhos Authorized by colonization e um pequeno folhetinho solto com a oração “Rainha da discórdia” (originalmente publicada e exposta solta na exposição “Interior”, na qual a editora, designer e autora participam como artistas).

 

O lançamento foi na casa da artista, com preparo público da receita de sagu enquanto trechos do livro eram lidos por seus amigos Um dos textos foi gravado por Flávia Person no Episódio #010 do PodCast VER.SAR - práticas artísticas, maternidades e feminismos de Priscila Costa Oliveira. Disponível em: https://soundcloud.com/podcastversar/versar-010-flavia-person-le-mariana-berta